quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Arqueólogos concluem que o homem já fazia vinho há 8.000 anos


Tbilisi, Geórgia – O homem já fazia vinho há 8.000 anos, segundo concluiu um grupo de arqueólogos após analisar as vasilhas de argila encontradas em um sítio arqueológico perto de Tbilisi, a capital da Geórgia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário