quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Uma epopeia no Douro


Trineto da lendária Ferreirinha, “Vito” Olazabal demorou 20 anos para vir a ser o único proprietário da Quinta do Vale Meão, comprada por ela em fins do século XIX, onde hoje se produz um dos melhores vinhos tintos de Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário