sexta-feira, 18 de julho de 2014

Sete dos 10 maiores grupos vinícolas são do Novo Mundo


Segundo relatório, E & J Gallo Winery e Constellation Brands, seguem como as maiores, mas Concha y Toro, do Chile, e o Grupo Peñaflor, da Argentina, vêm crescendo


Segundo relatório anual da consultoria Euromonitor Internacional, o ranking mundial de Grupos Vinícolas 2013 pouco se alterou nas 10 primeiras posições, porém, trouxe algumas surpresas como o Grupo Peñaflor, maior produtor de vinhos da Argentina, que assumiu a quinta posição. Antes, vinha na oitava. 

Mas o ranking 2013 traz as mesmas vinícolas nas três primeiras colocações, sendo todas norte-americanas. A E & J Gallo Winery segue na liderança com 777 milhões de litros de vinho produzidos, seguida pela Constellation Brands (589 milhões de litros) e pela The Wine Group (456 mlihões). Em seguida vem a vinícola Concha y Toro, responsável pela produção de 282 milhões de litros e o Grupo Peñaflor, com 278 milhões de litros.A companhia integra sete vinícolas como Trapiche, El Esteco, Finca las Moras, Bodegas La Rosa, Santa Ana, Suter e Andean Viñas e exporta seus produtos para mais de 90 países em cinco continentes atualmente e tem mais de dois mil funcionários em mais de seis mil hectares espalhados pelas províncias de Mendoza, San Juan, Salta e Catamarca.

Prosseguindo com o top 10, a sexta posição ficou com a Pernod Ricard, com 277 milhões de litros. Já os australianos Treasury Wine Estates seguem em sétimo, com 274 milhões. Por sua vez, os franceses do Castel Groupe alcançaram a oitava posição, com 270 milhões. Na nona colocação vem Accolade Wines Ltd, outra vinícola australiana, que produz 270 milhões. Por fim, o grupo italiano Caviro, com produção de 160 milhões, ocupa a décima colocação.


FONTE: http://revistaadega.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário