quinta-feira, 3 de julho de 2014

Indústria de cosméticos aposta no mundo do vinho


Um número crescente de produtos para tratamento de pele está agregando às suas fórmulas as propriedades de antienvelhecimento de uma substância encontrada nas uvas, o resveratrol. 

O resveratrol tem sido adotado pelas empresas de cosméticos por possuir propriedades que retardam o processo do envelhecimento, promovendo a elasticidade e firmeza dos tecidos da pele.

Desde 1995, Mathide Thomas, filha de Daniel e Florence Cathiardos, proprietários do Château Smith Haut Lafitte, em Bordeaux, criou Caudalie, uma linha de produtos de beleza à base de uva. Os produtos eram até então comercializados em suas boutiques e spas de vino-terapia. Hoje, um número crescente de marcas de beleza está seguindo o mesmo caminho.

A Arcona, marca de produtos de beleza de Los Angeles, vende uma máscara hidratante de vinho feita com extratos de semente de uva ao preço de £ 25,20. Por sua vez, a marca de cosméticos grega Apivita vende um vinho-elixir antirrugas e um creme facial por £ 39,85.

De acordo com o dermatologista nova-iorquino Dr. Paul Frank, o resveratrol tem provado ser extremamente poderoso e as pessoas gostam do fato de ele estar associado ao vinho. Marcas como a Beauty, por exemplo, após vender máscaras faciais e creme para os olhos feitos à base de resveratrol, viu suas vendas crescerem mais de 1000% nos últimos três anos.

A marca Skincare Vine Vera, por sua vez, está usando as propriedades anti-envelhecimento do resveratrol para vender seus produtos a preços mais elevados, como é o caso de um pote de 52g de um creme feito à base da uva Cabernet, comercializado a US$ 600.

Como um meio alternativo, a vinícola de Ribera del Duero, Matarromera possui sua própria marca de produtos de beleza. Seu diferencial está na composição química dos produtos, que ao invés de resveratrol são feitos à base de outro polifenol antioxidante, extraídos de uvas Tempranillo, chamado eminol.


Fonte: http://revistaadega.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário