quinta-feira, 1 de maio de 2014

Pesquisa revela os vinhos mais populares em restaurantes dos Estados Unidos


Lista da revista Wine & Spirits mostra que top 10 é exclusivamente de vinhos norte-americanos


A revista “Wine & Spirits” anunciou os resultados da pesquisa dos vinhos preferidos pelos restaurantes nos Estados Unidos. Há muitas caras familiares na votação deste ano, como Cakebread, Jordan, Duckhorn, Sonoma-Cutrer e Silver Oak ocupando o top 5 das marcas mais populares. A qualidade que perdura nessas garrafas é confirmada pelo fato desses cinco vinhos já terem feito parte da lista original dos 50 melhores, publicada em 1990.

A pesquisa também mostra a influência do Tio Sam no mundo do vinho atual, já que a Califórnia dominou todo o top 10 e as garrafas norte-americanas não deram chances para as demais nos 18 primeiros lugares da tabela. O primeiro vinho não americano é a chamapagne Veuve Clicquot, em 19º lugar. Sua entrada no top 20 reflete o crescimento dos espumantes, incluindo o Prosecco, na lista. O outro Champagne a se destacar entre os 50 primeiros foi o Billecart-Salmon, com uma média de preço de US$ 154.

Um total de 218 donos de restaurantes colaboraram com a pesquisa, em que forneceram uma lista dos 10 vinhos mais vendidos no último trimestre de 2013. A publicação americana notifica que, nos últimos 25 anos, as preferências por vinhos mudou: “Os [vinhos] Chardonnay, que eram a variedade dominante com 44% dos mais populares em restaurantes, deram lugar aos Cabernet e Pinot Noir, além de outras variedades”, disse um porta-voz da revista.

De fato, os vinhos Chardonnay contribuíram com apenas 11% das principais vendas de garrafas nos restaurantes, segundo a última pesquisa. Os Pinot Noir contam com 14,5%, leve queda em relação ao seu ápice em 2009, enquanto que os Cabernet Sauvignon mantêm sua posição ascendente em média estável de 17%. Os últimos também comandam as médias de preço mais altas entre as outras garrafas.

Ainda assim, os pesquisadores afirmam que, hoje em dia, há mais diversidade do que nunca no ramo dos vinhos. Sommeliers comprovam um interesse maior em vinhos da Grécia, Portugal, da região da Sancerre, e dos Malbec argentinos. Vinhos da Europa Central e do Leste também vêm crescendo consideravelmente.

De acordo com a “Wine & Spirits”, a pesquisa também revelou que os restaurantes estão vivendo a época da mais forte venda de vinhos desde a “grande recessão” de 2008. Cerca de 70% dos entrevistados disseram que houve um aumento na proporção de suas vendas com vinhos. Confira o top 10 de vendas abaixo.


Fonte: http://revistaadega.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário