quinta-feira, 8 de maio de 2014

A história do brinde


Alguns registros mostram que teria se originado na antiguidade, durante acordos de paz entre impérios, quando o mediador proclamava a conclusão da guerra e era o primeiro a tomar da taça demonstrando que estava livre de contaminação, além de boa vontade de ambas as partes. Os homens também festejavam êxitos de batalhas e dedicavam goles à saúde de amigos.

Nessa época, o envenenamento era uma das formas mais fáceis para atingir um inimigo e nada melhor do que adulterar a sua bebida. Assim, por segurança, os anfitriões chocavam suas taças fortemente com as de seus convidados, fazendo com que os líquidos passassem de uma taça para a outra. Assim, se um dos drinques estivesse envenenado, ambos morreriam.

Outros vestígios desse mesmo período indicam que o brinde era uma forma de se desejar boa sorte, porque, devido às condições precárias de armazenamento e higiene dos alimentos, era comum que as pessoas acabassem intoxicadas. Daí vem o hábito de se desejar “saúde!”.

Fontes distintas ainda remontam aos gregos e fenícios que levantavam suas taças numa oferenda simbólica aos deuses. Os romanos adotaram um hábito semelhante, onde derramavam um pouco da bebida no chão. Hoje, em algumas partes do Brasil, este ritual se transformou no popular “dar um gole ao santo”.

Uma teoria mais poética, afirma que o ato de tilintar as taças teria iniciado com o deus grego do vinho Dionísio, acionando os nossos cinco sentidos e tornando a experiência sensorial da degustação completa.


Origem da palavra brinde

Quanto à origem da palavra brinde, algumas fontes dizem que sua origem etimológica seria alemã, vindo da expressão: “ich bring dir’s“, algo como “bebo por ti”, enquanto outras atribuem à cidade de Brindisi, bem ao sul da Itália.

Na Inglaterra, o “toast” (torrada) se popularizou e deriva do costume de colocar pão torrado no fundo de um cálice de vinho, onde este era bebido por todos até se chegar na torrada embebida.


O que falar na hora do brinde

Alemanha: Prost!
Brasil: Saúde! Tim-tim!
Espanha: Salud!
Estados Unidos e Inglaterra: Cheers!
França: Santé!
Grécia: Steniyasas!
Holanda: Proost!
Itália: Salute!

Seja para se prevenir de enfermidades, festejar vitórias, saudar divindades, ou nos dias de hoje, para celebrar conquistas e amizades, é fato que o brinde une pessoas, une taças e desejos de boas vibrações.


Fonte: http://www.sommelierwine.com.br/ (SW Natália)

Nenhum comentário:

Postar um comentário