terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Os benefícios da screw cap


Não é incomum ver um apreciador de vinhos torcer o nariz diante de uma garrafa fechada por uma tampa de rosca (screw cap). Indagados sobre a rejeição, normalmente alegam que este tipo de vedante é reservado para vinhos de pouca qualidade, vinhos inferiores. Contudo, tal afirmativa é um erro comum, pois a screw cap é uma excelente forma para vedar uma garrafa de vinhos.

Pensemos em suas qualidades. Em primeiro lugar, ela não transmite para o vinho o chamado “gosto de rolha”, que quando detectado, leva enófilos e profissionais do vinho a usar a famosa expressão: Este vinho está “bouchoneé”.

Esta contaminação, que torna o vinho intragável, geralmente é transmitida pela rolha de cortiça ou pelo próprio ambiente da vinícola, através de barricas de carvalho mal higienizadas, por exemplo. A origem deste “gosto” desagradável vem do “2-4-6 tricloroanisol”, o TCA, que surge dos fungos que podem contaminar a cortiça.

Estima-se que ele ocorra em algo próximo a 5% das garrafas de vinhos de todo o mundo. Uma porcentagem considerável, para um prejuízo certo. Foi, aliás, para evitar este tipo de contaminação que surgiram vários tipos de vedantes alternativos à cortiça, como as rolhas sintéticas, as tampas de vidro e a própria screw cap, entre outros.

A tampa de rosca também tem outras vantagens, como nos permitir armazenar as garrafas em pé, na vertical, é reciclável, de fácil manuseio – torna dispensável o saca-rolhas – e em geral tem baixo custo, o que reflete no preço que você paga pela bebida.

Interessante ou não? Vale comentar, porém, que hoje em dia a tecnologia empregada na produção das tampas de rosca é tão avançada, que o preço dos seus melhores exemplares chega a equivaler ao das melhores rolhas de cortiça.

Em suma, a screw cap não tem influência sobre a qualidade do vinho engarrafado. Portanto, é absolutamente possível usar este tipo de vedante para vinhos de qualidade superior, desde que não sejam para longa guarda (cerca de 10 anos ou mais), pois esta parece ser a única ressalva à tampa de rosca, embora os estudos sobre a questão ainda não sejam conclusivos.

Sendo assim, vale à pena deixar o preconceito de lado e conhecer ótimos exemplares do mundo de Baco que trazem a tampa de rosca.


Fonte: http://www.sommelierwine.com.br (Por Sommelier Wine Lucas Cordeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário