sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Uma taça de vinho por dia 'reduz risco de depressão'


Aqueles que bebem entre duas e sete pequenas taças de vinho por semana têm em média 32 por cento menos probabilidade de desenvolver depressão, descobriram os pesquisadores.

Consumo excessivo de álcool tem sido repetidamente associada a problemas de saúde mental, bem como doenças físicas, mas alguns estudos já sugeriram que um consumo moderado de álcool pode ser saudável.

Estudos sugeriram que a ingestão regular e modesto de vinho poderiam reduzir o risco de doença cardíaca coronária, e os especialistas acreditam que poderia haver um benefício semelhante para a depressão, porque as condições têm alguns dos mesmos mecanismos.

Os compostos não-alcoólicas em do vinho, tais como o resveratrol, que têm sido relacionados com a saúde física, também são considerados como tendo um efeito protetor em certas regiões do cérebro.

Pesquisadores da Universidade de Navarra, na Espanha estudaram a saúde de mais de 5.500 bebedores leves a moderados com idades entre 55 a 80, a maioria dos quais eram bebedores de vinho.

Durante um período de sete anos, os especialistas avaliaram o consumo de álcool, saúde mental e estilo de vida em repetidos exames médicos, entrevistas e questionários.

As descobertas foram publicadas na revista BMC Medicine e mostraram que a ingestão diária moderada de álcool foi significativamente associado a um menor risco de depressão.

Em particular, aqueles que consumiram entre dois e sete copos de vinho por semana tinham 32 por cento menos probabilidade de desenvolver a doença.

Prof Miguel Martínez-González, principal autor do estudo, disse: ". Valores mais baixos de consumo de álcool podem exercer a proteção de um modo semelhante ao que foi observado para a doença cardíaca coronária Na verdade, acredita-se que a depressão e a doença cardíaca coronária, compartilham de alguns mecanismos de doenças comuns. "


Fonte: http://www.telegraph.co.uk (By Science Correspondent)

Nenhum comentário:

Postar um comentário