quinta-feira, 25 de abril de 2013

Harmonizando vinho e comida - Parte II


GALETO: dê preferência para os brancos, se insistir nos tintos, tente os mais leves;

GALINHA d'ANGOLA: os Pinot Noirs vão muito bem (se possível do Velho Mundo); 

GRELHADOS em geral: também generalizando, os Bordeaux combinam, bem como os Cabernets;

GUISADOS de carne: tintos robustos como Cabernets ou Zinfandel californiano, Bairrada (português), Hermitage (francês do Rhône) – para carne de CAÇA prefira os grandes Pinots e Barbarescos.

HADDOCK defumado: sempre brancos de boa qualidade nesta difícil harmonização, Chardonnays com envelhecimento em carvalho ou Sauvignon Blancs animados para contrastar.

IOGURTE: em pratos picantes vão bem com Chardonnays do Novo Mundo.

JAVALI: em uma das harmonizações mais sensacionais, casa com perfeição com os Riesling alemães, se preferir algo mais clássico, tente Pinot Noir, Bairrada ou Sangiovese.


Nenhum comentário:

Postar um comentário