quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Queijos e Vinhos


O Queijo costuma ser um parceiro constante do vinho mundo afora. Quem nunca promoveu ou foi convidado para um “Queijos e Vinhos”? Apesar de 'comum', a harmonização entre os dois não é tão simples e requer atenção e planejamento. A seguir dou algumas dicas para uma boa seleção de queijos e os vinhos que devem acompanhá-los.

Queijos:
uma boa seleção de queijos deve contar com pelo menos 5 variedades: Queijos de mofo branco (Brie ou Camembert); Queijos de mofo azul (Gorgonzola ou Roquefort); Queijos tipo suíços (Gruyère); Queijos suaves (Emmenthal ou Gouda); Queijos mais fortes (Parmesão ou Provolone) e Queijos especiais (Rambol).

Vinhos:
em geral e para a decepção de muitos, a maioria dos queijos combinam mais com vinhos brancos devido a sua consistência e gordura. Para sermos mais democráticos, podemos seguir uma regrinha bem fácil:
Queijos Moles vão melhor com Vinhos Brancos e Queijos Duros preferem os Vinhos Tintos. Para os vinhos brancos, prefiram os feitos com as uvas Sauvignon Blanc, Chardonnay e Riesling. Para os tintos, tentem os mais leves e com boa acidez, como os italianos Valpolicella e Chianti ou uvas leves como a Pinot Noir. Alguns queijos fortes como o Parmesão podem harmonizar com tintos mais encorpados, como um Cabernet chileno.

Harmonizações Clássicas:
Algumas harmonizações já se tornaram verdadeiros clássicos à mesa como o Queijo Chévre (cabra) com a uva Sauvignon Blanc; o Queijo Brie com a uva Chardonnay e o Queijo Gruyère com a uva Pinot Noir. Mas, sem dúvida, uma das mais excitantes combinações entre queijos e vinhos é a do salgado queijo Roquefort com um vinho doce de sobremesa, de preferência um bom Sauternes francês.


Fonte: http://www.confrariadojoao.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário