domingo, 18 de novembro de 2012

Flor de Crasto - Branco - 2010


DENOMINAÇÃO ORIGEM: Douro
SISTEMATIZAÇÃO: Patamares e Vinhas ao Alto
SOLO: Xisto

EXPOSIÇÃO: Nascente / Sul
IDADE DAS VINHAS: Mais de 20 anos
ÁLCOOL: 12%

DADOS ANALÍTICOS
Acidez. Total.: 5,0 gr/L
pH: 3,36
Açúcar c. Residual:   2,.5 gr/Ll

CASTAS: Gouveio, Roupeiro e Rabigato.
VINIFICAÇÃO: As uvas, provenientes de talhões previamente selecionados, foram transportadas em caixas de plástico alimentar de 25 kg e sujeitas 
a uma rigorosa triagem à entrada da adega. Foram posteriormente desengaçadas e prensadas. O mosto prensado foi transferido para uma cuba 
de inox onde se manteve a uma temperatura de 8ºC durante 48 horas até à sua decantação. Seguidamente decorreu a fermentação alcoólica em 
cuba de inox com temperaturas controladas de 14º C durante um período de 45 dias.
ENVELHECIMENTO: Cubas de aço inox


NOTAS DE DEGUSTAÇÃO

EXAME VISUAL: cor amarelo-palha com reflexos esverdeados.

EXAME OLFATIVO: Fresco, com aromas de frutas tropicais (abacaxi e melão) e frutas cítricas. Bastante fino, intenso e razoavelmente persistente.

EXAME GUSTATIVO: Equilibrado no álcool, macio, bom corpo. Harmônico, nos aromas de boca é fino, intenso e razoavelmente persistente.

PONTUAÇÃO: 79 pts

HARMONIZAÇÕES: Bolinho de bacalhau, casquinha de siri, filé de pescada à milanesa, fondue de queijo, peixe cozido com legumes, risoto de alho-poró, sardinha assada, tabule

PREÇO: entre R$ 30,00 e R$ 40,00


Um comentário:

  1. Poxa, este post foi um mapa da mina para mim! Sou aprendiz, e quando bebi o Flor de Crasto cheguei em uma avaliação gustativa próxima a sua, entretanto na olfativa eu percebia toques de frutas e minerais, mas havia algo que me intrigava e não conseguia decifrar, até que achei o abacaxi e melão descrito por você!

    Achei um bom vinho!

    ResponderExcluir