domingo, 29 de janeiro de 2012

Dicas para harmonizar vinho e comida


Não há muito mistério na hora de harmonizar vinho e comida, mas pequenos cuidados devem ser adotados, como por exemplo, analisar o peso e a textura tanto do vinho a quanto da comida. A regra é simples: pratos leves devem acompanhar vinhos leves. Pratos ácidos devem acompanhar vinhos leves e bem frescos. Já os pratos gordurosos e untuosos precisam de vinhos com taninos mais potentes e acidez alta.

Para ajudá-lo a valorizar e servir o vinho com a comida adequada, separei alguns pratos e suas harmonizações:

Vinhos que harmonizam com Saladas

Se houver limão ou aceto balsâmico, melhor para os vinhos brancos bem frescos e acídulos, como Sauvignon da Nova Zelândia, Loire e Bordeaux. Espumantes bem jovens, frescos e leves podem surpreender.




Para harmonizar vinhos e Frutas Frescas

A textura e o sabor doce e ácido das frutas frescas são perfeitas com Moscatel espumante ou Moscato d’Asti. Evite outros tipos de vinhos doces que possuam mais de 12 graus de álcool.





Vinho para Espaguete à Carbonara

Prato potente, com ovos, embutidos e especiarias. Melhor com vinho de sabor médio, de taninos moderados e boa acidez, com estágio em madeira, como os italianos da Toscana ou os Côtes du Rhône.





Harmonização de vinhos com Molho de Tomate

Geralmente ácido, reduzido, com notas vegetais de temperos e ervas frescas, os vinhos precisam ser igualmente ácidos, como o Chianti, Bardolino, Valpolicella, Rosso di Montalcino e Barbera.






Vinhos ideais para Salmão, atum e peixes gordos de água doce

Peixe com alto teor de gordura boa e sabor marcante é ideal para tintos e brancos, desde que os tintos sejam leves e os brancos encorpados, como o Chardonnay, Pinot Noir, Valpolicella e o Beaujolais.




Vinhos para harmonizar com Pizza

De queijo: boa com vinhos tintos leves e de médio corpo e brancos potentes. Portuguesa e de vegetais em geral: ideal com tintos leves ou brancos de médio corpo. Atum e de demais que levam peixes e frutos do mar: melhor o sabor que provém dos brancos leves e rosados. Calabresa e embutidos com requeijão: bons para os vinhos tintos



Fonte: wine.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário