terça-feira, 9 de agosto de 2011

Vinhos Espumantes


Os vinhos espumantes são obtidos a partir de uma segunda fermentação de um vinho base. São dois processos distintos:
Método CHARMAT
A segunda fermentação é feita em cuba fechada de aço inox.
Método de vinificação Charmat.
Liqueur de Tirage – adição de um composto a base de açúcar e leveduras selecionadas para provocar a segunda fermentação.
Prise de Mousse – processo no qual é criado o gás carbônico, a espuma e o perlage no espumante.
Filtragem – o vinho sofre uma centrifugação para a separação do sedimento, resultado do trabalho das leveduras; a seguir passa por filtros de mícron e vai para a máquina de engarrafamento.
Esse processo tem a duração de 30-40 dias. Processo utilizado para a elaboração do Prosecco e outros vinhos espumantes.
Método CHAMPENOISE ou CLÁSSICO
A segunda fermentação ocorre na garrafa. É um método típico da região do Champagne francês ou de outros produtos produzidos a sua semelhança em qualquer lugar do mundo.
Liqueur de Tirage – adição de um composto a base de açúcar e leveduras selecionadas para provocar a segunda fermentação; as garrafas são fechadas com uma tampa parecida com a tampa de refrigerantes.
Prise de Mousse – processo no qual é criado o gás carbônico, a espuma e o perlage no Champagne; esse processo tem a duração de 4 a 8 semanas.
Maturation – período no qual o Champagne fica em contato com as leveduras para dar maior complexidade ao aroma e sabor; esse processo tem a duração mínima de 18 meses para um Champagne NV(Non-Vintage).
Durante o processo Remuage nas Pupitres as garrafas são inclinadas progressivamente.
Remuage nas Pupitres – processo manual para “limpeza” do sedimento criado pelas leveduras; esse processo tem a duração mínima de 6 semanas. Ele é feito através de rotações periódica e inclinações progressivas da garrafa. No início a garrafa está na posição horizontal e, durante este período, dia-a-dia ela vai sendo inclinada progressivamente, até ficar na posição vertical com o gargalo para baixo.
Após o término da Remuage as garrafas se encontram totalmente inclinadas.
Sur Point – posição em que as garrafas se encontram logo após o término da Remuage com todo o sedimento concentrado na tampa.
Dégorgement – processo no qual se congela a tampa com todo o sedimento e se abre a garrafa; a pressão interna se encarrega de expulsar a parte congelada.
Liqueur D´Expédition – adição de um composto a base de vinho-base e açúcar em proporções variáveis que darão a classificação do Champagne.
Embalagem – a garrafa recebe a rolha original, rótulo e contra-rótulo e está pronta para o mercado.

Fonte: ExpandBlog

Nenhum comentário:

Postar um comentário